Skip to content

Fique atento às regras para grupos de condomínio no celular 

Há um tempo, as redes sociais se tornaram os principais meio de comunicação formal e informal entre as pessoas, principalmente para assuntos mais rápidos entre quem não está muito próximo. Os condomínios também não fugiram dessa realidade. Os famosos grupos de WhatsApp, aplicativo famoso para troca de mensagens instantâneas, tornou-se a ferramenta queridinha pelos moradores para simplificar a comunicação dos grupos de condomínio. Mas a pergunta importante a ser realizada é: existem regras para grupos do tipo? A resposta é simples: sim! A Attento separou as principais, a seguir. Aproveite e compartilhe a informação com outras pessoas!

 

Quais são as principais regras?

O administrador do condomínio, também é do grupo  

O síndico é uma figura muito importante para cuidar das demandas administrativas, bem como para mediar debates e chegar a conclusões que favoreçam o conjunto. Nos grupos de condomínio criados no WhatsApp, o administrador também deve ser o síndico. A tarefa começa na identificação dos números de telefone dos moradores (proprietários e não proprietários dos imóveis), e continua na hora de apresentar pautas, comunicados e outras necessidades ocasionais no dia a dia condominial. 

 

Restrições e regras devem ser esclarecidas sempre 

Um dos comunicados tange as regras para boa convivência em grupos de condomínio. Principalmente quando trata-se de restrições. São exemplos: proibição de conteúdo erótico, discussões políticas e religiosas, compartilhamento de imagens/links/assuntos que não fazem parte da pauta condominial, exposição de fofocas e citação do nome de pessoas inadimplentes. 

Às regras gerais, destacam-se: definição da pauta para cada assunto pelo síndico, comunicados importantes (uma adição ao comunicado físico, não uma substituição), não agredir verbalmente nenhum membro, bem como não cometer crimes de internet. São posicionamentos claros, já que para grupos e reuniões físicas as normas éticas também se repetem, mas algumas pessoas caem no esquecimento de que continuam respondendo por elas quando estão no âmbito digital, por isso a necessidade de determinar regras. O síndico pode fixá-las na descrição do grupo.

 

Nem tudo resolve com WhatsApp  

Mesmo com a facilidade de acesso inserida nos grupos de condomínio no WhatsApp, nem tudo pode ser resolvido na plataforma. E isso deve ficar bem claro para os condôminos. Como é o caso das assembleias online, que precisam de um software melhor elaborado que possibilite votação online e transferências por vídeo.

 

A tecnologia pode estar ao lado do condomínio: entenda! 

Em tempos onde o contato físico pode se tornar um perigo (vide a pandemia do novo coronavírus em 2020), os grupos de condomínio no WhatsApp podem facilitar potencialmente a administração do síndico. Porém, é preciso atentar-se às regras acima e também ao que diz a lei quando o assunto é mais sério – como é o caso das assembleias online, cobranças de inadimplentes, prestação de contas aos moradores, etc.

 

Para tornar a gestão administrativa mais favorável e assertiva ao síndico, a Attento disponibiliza diariamente seus serviços. São profissionais capacitados que podem auxiliar e assessorar o síndico na área financeira e administrativa do condomínio. Para saber mais, você pode visitar nossa página de produtos ou de serviços agora mesmo.

 

Não esqueça de conhecer o blog da Attento – por lá, postamos artigos exclusivos que vão ajudar na logística do seu condomínio também. Entre já em contato conosco e solicite um orçamento personalizado!

Scroll To Top